The Graph (GRT)

The Graph (GRT)

The Graph (GRT)

The Graph —— Um Protocolo de Consulta Descentralizado Desenhado para Blockchains
  1. O Graph é um protocolo de indexação para aplicações descentralizadas que permite os desenvolvedores eficientemente acessar os dados de blockchain. Os desenvolvedores podem construir subgráficos que definir como ingerir, indexar e servir os dados de blockchain de uma forma verificável.
  2. Há quatro tipos de participantes no protocolo: Indexadores, curadores, delegados e consumidores.
  3. O token GRT é um token de trabalho ERC-20 baseado em Ethereum que se utiliza para distribuir diferentes recursos dentro do ecossistema. O token GRT é usado para incentivar todos os jogadores da rede para criar APIs de melhoria contínua. Porque todos os Indexadores, Delegadores, e Curadores são pagos em tokens GRT que dependem da execução dos índices ou subgráficos.
  4. O fornecimento total inicial de tokens GRT se configura em 10 bilhão, com emissão de 3% cada ano. O token GRT também é queimado através de vários mecanismos. Tanto o imposto de depósito mencionado acima para os tokens de Curador quanto de Delegador são queimados, além de 1% das taxas de consulta.

Métricas chave

Untitled

Preço Recente$0.5395
Valor de Mercado
$681,365,460.77
Fornecimento Circulante
1.245.666.867 GRT
Fornecimento Máximo
10.000.000.000 GRT

Sobre o Graph

Graph é um protocolo descentralizado para indexar e consultar dados de blockchain, e Graph atualmente apoia dados de indexação a partir de Ethereum, IPFS e POA, com mais redes em breve. Graph torna a consulta de dados simple e fácil de operar. Qualquer um pode construir e publicar APIs abertas, conhecidas como subgráficos, para tornar os dados facilmente acessíveis.

O token GRT é um token de trabalho ERC-20 baseado em Ethereum que se usa para distribuir diferentes recursos dentro do ecossistema. O token GRT é utilizado para incentivar todos os jogadores da rede para criar APIs de melhoria contínua. Porque todos os Indexadores, Delegadores, e Curadores são pagos em tokens GRT que dependem da execução dos índices ou subgráficos.

O fornecimento total inicial de tokens GRT se configura em 10 bilhão, com emissão de 3% cada ano. O token GRT também é queimado através de vários mecanismos. Tanto o imposto de depósito mencionado acima para os tokens de Curador quanto de Delegador são queimados, além de 1% das taxas de consulta.

Os tokens Graph têm dois usos principais no protocolo:

Compromisso de indexador: O indexador promete tokens Graph para que pode ser descoberto pelo mercado de consulta e fornece segurança econômica durante a execução do trabalho.

Sinal do curador: Os curadores prometem tokens Graph ao mercado curatorial para predizer quais subgráficos são valioso para a rede, e serão recompensados por previsões corretas.

Os usuários podem pagar ETH ou DAI para consultas. Mas a liquidação final settlement será feita em GRT para garantir que uma unidade de conta comum é utilizada em todo o contrato.

Além disso, ter tokens nativos também podem estimular certos comportamentos através de inflação. A capacidade de ajustar dinamicamente política monetária para a inflação é uma ferramenta poderosa na caixa de ferramentas.

Equipe do Projeto

As informações dos membros da equipe que aparecem no site oficial; o histórico de todo o membro da equipe pode ser considerado muito luxuoso.

Os membros de equipe incluem: O líder do projeto é Taniv Tal, graduado da Universidade do Sul da California com especialização em EE; e anteriormente fundou o ambiente de desenvolvimento React Workflo e o aplicativo de pagamento do setor de catering Tapsavvy. Ele também tem trabalhado como um engenheiro de desenvolvimento em empresas como HP e Mulesoft.

O chefe de tecnologia é Jannis Pohlmann, graduado pela Universität zu Lübeck, Alemanha, com especialização em computador e interação humano-computador, e anteriormente trabalhou para Workflo, Codethink e outras empresas.

O líder de comunidade é Rodrigo Coeldo. Se graduou do Departamento de Engenharia Industrial da Universidade Estadual do Arizona. Antes era um empreendedor em série e fundou uma plataforma de comunicação encriptado móvel P2P chamada cSuite.

Os consultores do projeto incluem Esteban Ordano, Diretor de Tecnologia de Decentraland, e Zaki Manian de Tendermint Labs.

Destaques do Projeto

O projeto é um protocolo de indexação de dados descentralizado que pode indexar e consultar dados na blockchain e na rede de armazenamento (como dados de Ethereum, IPFS e outras fontes de dados Web3), permitindo que os usuários criam e publicam os dados do índice utilizando a API aberta fornecida.

  • Indexadores: os operadores de nó que apostam GRT para fornecer serviços de indexação e processamento de consultas. Indexadores ganham taxas de consulta e recompensas de indexação por seus serviços.
  • Curadores: os desenvolvedores de subgráficos, consumidores de dados e membros da comunidade que sinalizam aos indexadores quais APIs devem ser indexadas pelo protocolo .
  • Delegados: os indivíduos que gostariam de contribuir para proteger a rede, mas não desejam executar um Nó de Gráfico ( Graph Node) eles mesmos.
  • Consumidores: os usuários finais que consultam subgráficos e pagam taxas de consulta aos Indexadores, Curadores e Delegados.

A partir disso, pode ser visto que todos os indexadores/curadores/delegados precisam prometer tokens GRT para utilizar a rede.

Comunidade e Canais Sociais

image
💠
https://academy.mexo.io

Tu guía al mundo cripto